14:48 04 Dezembro 2020
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    0 0 0
    Nos siga no

    O comparecimento às urnas durante o primeiro turno das eleições legislativas francesas, até as 17hs (12hs de Brasília) foi de 40,75% - bem menos do que em 2012 - segundo os dados divulgados pelo ministério do Interior do país, que organiza o pleito e é responsável pela divulgação dos seus resultados.

    Em 2012, no mesmo horário, o primeiro turno para escolher o chefe de governo contou com o comparecimento de 48,31% dos eleitores. Já em 2007 e em 2002, o comparecimento foi de 49,28% e de 50,51%, respectivamente.

    Ao contrário do Brasil, o voto não é obrigatório na França.

    De acordo com os resultados da enquete, realizada pela Ipsos/Sopra Steria e publicados nesta sexta-feira (9), o movimento La République En Marche!, que levou Emmanuel Macron à presidência, pode receber por volta dos 31% dos votos, ou seja, entre 397 e 427 dos assentos totais no parlamento.

    As maiores forças de oposição, partido Os Republicanos e seus aliados, talvez recebam aproximadamente 22% dos votos, isto é, entre 95 e 115 dos assentos. O partido de Marine Le Pen, ex-candidata à presidência e ex-rival de Macron, Frente Nacional, pode ganhar 17% dos votos, quer dizer, entre 5 e 15 dos assentos legislativos.

    Tags:
    urnas, taxa de comparecimento, eleições parlamentares, eleições, França
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar