21:23 17 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    Jeremy Corbyn

    Com Theresa May sitiada, Corbyn ainda acredita na possibilidade de ser primeiro-ministro

    © AP Photo/ Scott Heppell
    Europa
    URL curta
    230

    O líder do Partido Trabalhista do Reino Unido, Jeremy Corbyn, disse que ainda pode ser o primeiro-ministro do Reino Unido, apesar da conservadora Theresa May ter se mantido no cargo nas eleições de quinta-feira.

    Corbyn disse que ainda poderia se tornar o primeiro-ministro do Reino Unido na sequência de eleições gerais  no qual o Partido Conservador perdeu a maioria parlamentar.

    "Eu ainda posso ser primeiro-ministro. Isso ainda está na balança. Absolutamente", disse Corbyn ao jornal Sunday Mirror em uma entrevista. "Theresa May foi ao Palácio. Ela está tentando formar um governo. Ela então deve apresentar um programa ao Parlamento. Nós — obviamente — alteramos a Palavra da Rainha. Existe a possibilidade dela refusar […] Temos um mandato para lidar com questões de pobreza, justiça e desigualdades na Grã-Bretanha… Quase 13 milhões de pessoas votaram em nós para fazermos isso. É por isso que estou aqui", ressaltou o líder trabalhista.

    Na quinta-feira, o Reino Unido realizou uma rápida eleição geral, que resultou em um Parlamento sem maioria (hung parliament), já que os conservadores não conseguiram obter uma maioria na Câmara dos Comuns (326 assentos). Após as eleições, May enfrentou uma forte reação contra o fracasso do Partido Conservador, com vários políticos — incluindo Corbyn — sugerindo que ela renuncie ao cargo.

    Na sexta-feira, May anunciou seus planos para formar a coalizão entre os Conservadores e o Partido Democrático Unionista. O movimento enfrentou fortes críticas ao público em geral, com 502.446 pessoas assinando a petição on-line contra a coalizão.

    No sábado, centenas de britânicos protestaram em frente à residência oficial do governo, em Downing Street, exigindo que May renuncie.

    Mais:

    May: Europa deve pagar pelo Brexit
    Theresa May comete erro estratégico acerca de Gibraltar
    Tags:
    Sunday Mirror, Partido Democrático Unionista, Câmara dos Comuns, Partido Trabalhista, Partido Conservador, Elizabeth II, Jeremy Corbyn, Theresa May, Grã-Bretanha, Reino Unido, Londres, Downing Street
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik