13:42 19 Setembro 2019
Ouvir Rádio
    Primeira-ministra da Grã-Bretanha, Theresa May

    Brexit: May confirma negociações 'nas próximas semanas', mas enfrenta 'motim' interno

    © REUTERS / Peter Nicholls
    Europa
    URL curta
    201
    Nos siga no

    A primeira-ministra britânica Theresa May informou neste sábado que o Reino Unido pretende dar início às negociações formais para o início do Brexit “nas próximas semanas”.

    A afirmação foi feita por May em uma conversa neste sábado com a primeira-ministra da Alemanha, Angela Merkel.

    “O primeiro-ministro confirmou a intenção das negociações de Brexit de começar conforme previsto nas próximas semanas”, informou o escritório de May na Downing Street.

    Contudo, a primeira-ministra britânica deverá resolver alguns problemas internos antes. De acordo com notícias veiculadas pela imprensa do país neste sábado, vários ministros do gabinete querem que ela seja substituída.

    O “motim” dos ministros seria em apoio a Boris Johnson, atual ministro de Relações Exteriores e um dos principais nomes da campanha a favor do Brexit, ou seja, pela saída do Reino Unido da União Europeia.

    “Uma porção de pessoas do alto escalão declararam lealdade a Boris”, afirmou uma fonte ao jornal Sunday Times neste sábado.

    O jornal britânico diz que pelo menos cinco ministros gostaria de ver Johnson como o novo primeiro-ministro do país.

    Embora pressionada dentro e fora do Partido Conservador, May já declarou que não pretende renunciar, apesar da vitória abaixo do esperado nas eleições parlamentares da última semana.

    Mais:

    May: Europa deve pagar pelo Brexit
    Jornal: Brexit vai tornar 1.000 milionários britânicos ainda mais ricos
    Irlanda pode fechar 40 mil postos de trabalho após Brexit
    Tags:
    Brexit, diplomacia, política, Brexit, 10 Downing Street, Partido Conservador, União Europeia, Theresa May, Boris Johnson, Angela Merkel, Grã-Bretanha, Inglaterra, Europa, Reino Unido
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar