01:36 19 Novembro 2018
Ouvir Rádio
    A premiê britânica,Theresa May

    Reino Unido: Parlamento sem maioria; Theresa May enfrenta pressão para renunciar

    © AP Photo / Andrew Matthews
    Europa
    URL curta
    322

    A aposta da primeira-ministra Theresa May de antecipar eleições não saiu como o previsto. A conservadora perdeu a maioria no Parlamento e agora enfrenta pressão para renunciar ao cargo.

    De acordo com dados preliminares das eleições, o Partido Conservador ganhou 311 assentos, já o Partido Laborista - 260, sendo assim, nenhum dos partidos obterá a maioria no parlamento.

    Para garantir maioria absoluta, May precisava ganhar 326 assentos em uma assembleia de 650. O Partido Nacional Escocês obteve 35 lugares, os Liberais-Democratas – 12, o Partido de Independência do Reino Unido – 10, outros – 11.

    Mesmo que os Conservadores consigam evitar uma situação complicada no parlamento, isto é, governo de minoria ou uma coalizão devido ao apoio de outros partidos de minoria, este resultado não será nada parecido com aquele que o governo britânico esperava obter.

    Por isso, a renúncia de Theresa May é agora um caso quase resolvido para os membros do parlamento. Entre os possíveis candidatos à liderança do Partido Conservador e do governo, destacam-se o secretário de Estado britânico, Boris Johnson, e o secretário de Estado para a saída da União Europeia, David Davis.

     

    Mais:

    Prévia: Theresa May vence eleições no Reino Unido, mas perde maioria no Parlamento
    Apoiadores do Partido Trabalhista do Reino Unido queimam jornais que falam mal de Corbyn
    Tags:
    eleições parlamentares, Theresa May, Reino Unido
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik