14:12 18 Julho 2019
Ouvir Rádio
    Ponte de Londres (foto de arquivo)

    Polícia britânica revela os nomes dos autores do atentado na Ponte de Londres

    © REUTERS / Toby Melville
    Europa
    URL curta
    Terrorismo volta a sacudir Londres (22)
    1120

    A polícia britânica revelou as identidades dos responsáveis pelo atentado na Ponte de Londres, informou a BBC.

    O primeiro homem foi identificado como Khuram Shazad Butt, de 27 anos e nascido no Paquistão. A polícia disse que Butt era conhecido da polícia e do MI5, mas não havia evidências para sugerir que este ataque estava sendo planejado.

    O segundo terrorista era Rachid Redouane, de 30 anos. Segundo a polícia, ele é de origem marroquina e líbia.

    "Ele também já usou o nome de Rachid Elkhdar, com uma data de nascimento diferente, de 31.7.91", informou o comunicado emitido pela polícia.

    A polícia também publicou as fotografias dos agressores no Twitter.

    "Atualização: os dois homens foram mortos a tiros pela polícia após o atentado terrorista na Ponte de Londres".

    Butt e Redouane residiam em Barking, leste de Londres.

    A identidade do terceiro cúmplice ainda não foi estabelecida.

    Na noite de sábado, um veículo atropelou pedestres na ponte de Londres. Em seguida, os três ocupantes do veículo saíram do carro e atacaram as pessoas com facas. Pelo menos sete pessoas morreram e 48 ficaram feridas. A polícia eliminou os três agressores e, mais tarde, manteve 12 pessoas em custódia por suposta conexão com os ataques.

    Tema:
    Terrorismo volta a sacudir Londres (22)

    Mais:

    Daesh reivindica autoria do atentado de Londres
    Uber quadriplica preço durante atentado em Londres
    Torre Eiffel vai apagar luzes em homenagem às vítimas do atentado terrorista em Londres
    A polícia britânica detém 12 pessoas suspeitas de organizar atentado em Londres
    Tags:
    terrorismo, atentado terrorista, Rachid Redouane, Khuram Shazad Butt, Grã-Bretanha, Inglaterra, Londres
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar