20:07 17 Setembro 2019
Ouvir Rádio
    Polícia armada perto da Manchester Arena após a explosão no fim do concerto de Ariana Grande, em Manchester, Grã-Bretanha, 22 de maio de 2017

    Mídia: Reino Unido recusa revelar informações para EUA sobre atentado terrorista

    © AP Photo/ Peter Byrne
    Europa
    URL curta
    231
    Nos siga no

    A polícia britânica não irá mais partilhar com os EUA a informação ligada à investigação do atentado terrorista que ocorreu em Manchester, informa o canal de televisão BBC.

    Mais cedo, a ministra britânica do Interior, Amber Rudd, declarou que o vazamento de dados sobre a investigação do atentado terrorista em Manchester provocou irritação das autoridades britânicas. Por isso, vão fazer tudo o que for possível para que isso não se repita.

    A premiê do Reino Unido, Theresa May, tenciona expressar suas preocupações ao presidente dos EUA, Donald Trump em meio aos vazamentos de informação sobre a investigação do atentado para a mídia norte-americana, informa o BBC.

    Na noite da última segunda-feira (22), no fim de um show da cantora americana Ariana Grande, uma grande explosão provocou a morte de 22 pessoas e deixou outros 60 feridos. O incidente ocorreu por volta das 22h30, horário local. No momento do atentado, cerca de 20 mil pessoas, em sua maioria jovens e adolescentes, se encontravam na sala de espetáculos.

    Mais:

    Ataque em Manchester: Theresa May eleva nível de ameaça e teme atentado 'iminente'
    Terrorista que provocou atentado de Manchester tinha ligações com Al-Qaeda
    Atentado em Manchester: confira o mapa
    Daesh reivindica atentado em Manchester
    Polícia de Manchester detém vários suspeitos de organização do atentado
    Tags:
    mídia, dados, informação, vazamentos, atentado terrorista, BBC, Ministério do Interior, Amber Rudd, Donald Trump, Theresa May, Manchester, Reino Unido, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar