03:40 17 Outubro 2021
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    1511
    Nos siga no

    As autoridades da Polônia apresentaram sua doutrina da defesa que classifica a Rússia como o principal adversário do país.

    O documento prevê a possibilidade de um conflito armado entre Moscou e esse país da OTAN. Os autores da doutrina afirmam que a "Federação da Rússia se mantém como a fonte principal de instabilidade perto do flanco oriental da OTAN, influenciando países da antiga União Soviética – Ucrânia, Bielorrússia, Moldávia e os países do Cáucaso".

    As ameaças principais, de acordo com eles, são "a política agressiva da Rússia, que tenta reforçar suas posições violando o direito internacional, sua utilização da força e coação em relação aos outros estados, as tentativas de desestabilizar as estruturas ocidentais como a OTAN e a UE e o enfraquecimento das ligações transatlânticas".

    "Os casos de utilização das forças armadas russas para alcançar objetivos políticos provoca a maior preocupação", afirmam os autores da doutrina.

    As declarações sobre uma suposta ameaça por parte de Moscou aos países bálticos e Polônia já tinham sido feitas repetidamente, apesar da Rússia as ter negado, acrescentando que o país nunca vai atacar qualquer país da OTAN.

    ​Segundo comunicou o chefe do Ministério das Relações Exteriores Sergei Lavrov, a Aliança percebe isso perfeitamente, mas usa isso como um pretexto para instalar mais material e armamento perto das fronteiras russas.

    Mais:

    Político ucraniano acusa Rússia de preparar ofensiva contra Polônia e Lituânia
    Rússia e Bielorrússia farão voo de reconhecimento sobre a Polônia
    Tags:
    Rússia, Polônia, OTAN, ameaça, política, tensão, conflito armado, defesa, doutrina militar
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar