03:41 21 Agosto 2017
Ouvir Rádio
    Presidente rússo, Vladimir Putin, duranta coletiva de imprensa conjunta com Sergio Mattarella, presidente da Itália

    Putin e Macron se reúnem pela primeira vez em 29 de maio, diz Kremlin

    © Sputnik/ Aleksei Druzhinin
    Europa
    URL curta
    Macron: 'Novo Napoleão' da França (14)
    1280541

    O presidente russo Vladimir Putin visitará o mandatário francês Emmanuel Macron na próxima semana, informaram autoridades russas e francesas nesta segunda-feira. O encontro deve debater temas sensíveis aos dois países como Ucrânia, Síria e conflitos cibernéticos.

    A reunião vai acontecer no dia 29 de maio, no Palácio de Versalhes, coincidindo com os 300 anos da relação franco-russa, que data de 1717, quando da visita do czar Pedro I, conhecido como Pedro O Grande.

    Macron e Putin se encontrarão três semanas depois da vitória do centrista nas eleições presidenciais da França, superando a líder de direita Marine Le Pen, da Frente Nacional. Durante a campanha, ela fez uma visita a Moscou e foi recebida por Putin, o que foi interpretado por países ocidentais como uma “preferência”, o que foi negado pelo Kremlin.

    Há sete meses, Putin cancelou uma visita a Paris por desentendimentos com o ex-presidente francês, François Hollande, que os bombardeios russos sobre a cidade síria de Aleppo poderia ser caracterizados como crimes de guerra.

    Segundo o Kremlin, os dois líderes debaterão as relações bilaterais e temas envolvendo o combate ao terrorismo  e as crises na Ucrânia e na Síria. O embaixador russo na França, Alexandrer Orlov, afirmou na semana passada que Moscou possui uma “percepção positiva” de Macron, tido como “muito inteligente, realista e pragmático”.

    Já o novo presidente francês deve colocar um outro tema sobre a mesa no encontro com Putin: a guerra cibernética.

    De acordo com a Agência AFP, Macron recentemente teceu críticas a Moscou por supostamente ter lançado mão de uma “estratégia híbrida que combina a intimidação militar e uma guerra de informação, [criando] um novo estado de atuação a nível internacional e especialmente a segurança europeia”.

    Tal entendimento fez com que a campanha de Macron vetasse a presença de profissionais da Sputnik e da RT em seus comícios.

    Além disso, há três anos Macron também foi crítico aos conflitos envolvendo a reintegração da Crimeia pelo Kremlin, em meio à crise na Ucrânia. 

    Tema:
    Macron: 'Novo Napoleão' da França (14)

    Mais:

    Berlusconi chama Macron de 'rapaz bonito com uma mãe bonita'
    Eleições na França: não foi uma vitória de Macron, mas uma tentativa de conter Le Pen
    Macron é convidado a conhecer a Rússia
    Tags:
    união europeia, diplomacia, política, Marine Le Pen, Emmanuel Macron, Vladimir Putin, Rússia, França
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik