22:45 22 Fevereiro 2020
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    1035
    Nos siga no

    Em conversa com a Sputnik, Ruslan Balbek, vice-presidente do Comitê para Assuntos Nacionais da Duma de Estado e deputado da Crimeia, criticou ferozmente a decisão de Kiev de enviar novos tanques T-80 para a zona do conflito.

    Anteriormente, o presidente ucraniano, Pyotr Poroshenko, comunicou que enviaria para seus militares em Donbass um lote de tanques modernizados T-80.

    "Ao invés de 'pombos da paz', o presidente ucraniano envia para Donbass 'falcões de guerra'. A gabarolice pública sobre o envio dos tanques modernizados T-80 à zona do conflito militar quer dizer que o presidente ucraniano sente alegria ao ouvir as palavras "armas e vítimas", disse Balbek à Sputnik.

    De acordo com o deputado, os tanques T-80 são uma arma perigosa nas mãos de especialistas, "o que quer dizer que as autoridades ucranianas esperam esmagar a resistência das milícias através de um ataque maciço de veículos blindados".

    "É muita pena que o orgulho da indústria de blindados russa tenha contribuído não para a defesa da Pátria, mas sim para a eliminação de civis e rivais ideológicos", resumiu.

    Mais:

    Força Aérea da Ucrânia começa preparativos para Rapid Trident 2017
    Ucrânia desiste da ideia de 'desocupar' Donbass pela força
    O objetivo de Donbass é se integrar à Rússia
    Tags:
    agressão militar, blindados, tanque, T-80, Donbass, Ucrânia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar