03:17 18 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    Bandeiras dos EUA e da OTAN

    OTAN pode regressar ao Ártico e Atlântico para conter Rússia

    © REUTERS/ Ints Kalnins
    Europa
    URL curta
    9419

    Segundo o Wall Street Journal, a OTAN pode reestabelecer os seus comandos no Ártico e Atlântico para conter a atividade da Rússia nestas regiões.

    Os comandos do Ártico e Atlântico da OTAN funcionaram na época da Guerra Fria e o seu objetivo principal era a vigilância da atividade dos submarinos soviéticos.  

    Segundo o Wall Street Journal, a frota submarina da Rússia está recuperando as suas capacidades operacionais no Ártico e no Atlântico do Norte, enquanto a OTAN não tem hoje possibilidade de vigiar a atividade dos submarinos russos. 

    A questão do papel estratégico das comunicações marítimas para Aliança Atlântica se tornou atual de novo devido ao deslocamento de equipamento militar pesado dos EUA para a Europa, por receio de confrontação com a Rússia. 

    ​O chefe do comitê militar da OTAN, Pyotr Pavlov, acrescentou que a Aliança Atlântica enfrenta ameaças ligadas à utilização de "táticas de guerra híbrida" pela Rússia e ao aumento do terrorismo internacional. 

    Os especialistas da OTAN acreditam que a frota de submarinos russos pode dificultar o deslocamento de navios da OTAN para a Europa. 

    Twitter

    Siga Sputnik Brasil no Twitter e fique por dentro das notícias mundiais do momento.

    Mais:

    Comandante da OTAN na Europa pede mais tanques para conter Rússia
    Secretário-geral da OTAN pede maior diálogo com a Rússia para garantir segurança
    Tags:
    equipamento, deslocamento, aliança, submarinos, vigilância, comando, OTAN, Atlântico, Ártico, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik