05:54 28 Junho 2017
Ouvir Rádio
    Julian Assange, fundador do  WikiLeaks

    Promotores suecos pedem anulação do julgamento de Julian Assange

    © REUTERS/ Peter Nicholls
    Europa
    URL curta
    229161

    Os promotores suecos anunciaram nesta sexta (19) pediram ao tribunal que revogue o mandado de prisão emitido contra Julian Assange, o fundador da WikiLeaks.

    Assange por sua vez comemorou a notícia com um tweet.

    "A promotora-chefe Marianne Ny decidiu hoje suspender a investigação sobre as suspeitas de violação incriminadas a Julian Assange", comunicou o gabinete do promotor no seu comunicado.

    Assange está residindo desde 2012 na embaixada do Equador em Londres por medo de ser extraditado para a Suécia e depois para os EUA. Nos EUA o fundador da WikiLeaks pode enfrentar acusações de espionagem por ter publicado numerosos documentos secretos.

    O fim da investigação das autoridades suecas não significa que Assange pode ficar descansado. Em abril de 2017 a mídia comunicou que as autoridades norte-americanas estavam prontas para processar Assange.

    Twitter

    Siga Sputnik Brasil no Twitter e fique por dentro das notícias mundiais do momento.

    Mais:

    Advogados de Assange rejeitam sua extradição para os EUA após clemência a Manning
    Assange revela verdade por trás das acusações da administração de Obama contra Rússia
    Tags:
    autoridades, promotores, acusações, embaixada, suspensão, investigação, WikiLeaks, Julian Assange, Suécia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik