05:50 28 Junho 2017
Ouvir Rádio
    Marine Le Pen, líder do partido Frente Nacional da França

    Marine Le Pen anuncia que concorrerá nas eleições parlamentares na França

    © REUTERS/ Charles Platiau
    Europa
    URL curta
    Macron: 'Novo Napoleão' da França (14)
    228751

    Derrotada na corrida presidencial francesa, Marine Le Pen anunciou nesta quinta-feira que participará das eleições para o Parlamento do país, marcadas para junho.

    A líder da Frente Nacional vai concorrer pela comunidade de Henin-Beaumont, no distrito de Pas-de-Calais, onde recebeu 58% dos votos durante o segundo turno do pleito presidencial francês, vencido no último dia 7 pelo centrista Emmanuel Macron.

    “Não hesitei muito, apenas esperei por uma oportunidade para anuncial publicamente. Sou profundamento conectada com os moradores dessa região mineradora”, comentou Le Pen em transmissão feita pelo canal francês TF1.

    As eleições legislativas na França acontecem nos dias 11 de junho e 18 de junho. A votação acontece um mês após Macron ter vencido a corrida presidencial, com 66,1% dos votos.

    O presidente francês possui grandes expectativas para o pleito legislativo. Com uma agenda reformista, ele precisa formar uma ampla base no Parlamento para aprovar os seus projetos.

    De acordo com uma pesquisa divulgada nesta quinta-feira, o Em Marcha, partido de Macron, deve ter o apoio de 27% do eleitorado e, assim, ficar com a maior parte dos assentos no Parlamento.

    Já a Frente Nacional de Le Pen possui 20% dos votos, mesmo número do Partido Republicano. O Partido Socialista, do ex-presidente François Hollande, aparece com apenas 11% da preferência dos eleitores franceses.

    Tema:
    Macron: 'Novo Napoleão' da França (14)

    Mais:

    Berlusconi chama Macron de 'rapaz bonito com uma mãe bonita'
    Macron tomou posse: a França vai decolar!
    Ex-primeiro-ministro francês chama Hollande e Macron de 'incapazes'
    Tags:
    política, eleições na França, Frente Nacional, Emmanuel Macron, Marine Le Pen, França
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik