10:13 19 Agosto 2017
Ouvir Rádio
    Soldados dos Exércitos da Sérvia e Montenegro monitoram a fronteira entre a Sérvia e Kosovo (foto de arquivo)

    Kosovo dissolve governo e anuncia eleições antecipadas

    © AFP 2017/
    Europa
    URL curta
    244031

    A agência Reuters comunica que o parlamento local votou a favor da dissolução do governo.

    O parlamento da república autoproclamada do Kosovo votou na quarta-feira (10) a favor da dissolução do governo liderado pelo primeiro-ministro Isa Mustafa, relata a Reuters.

    A favor de tal decisão votaram 78 de 120 legisladores, diz a agência. As eleições antecipadas poderão ser realizadas no próximo mês.

    Em 1999, iniciou-se a Guerra do Kosovo entre o Exército de Libertação de Kosovo (KLA), etnicamente albanês, e a Iugoslávia, então constituída pela Sérvia e Montenegro. O conflito levou ao bombardeio da OTAN contra as forças sérvias. O conflito terminou após uma intervenção internacional, apoiada pela ONU. Na sequência da campanha aérea de 78 dias da OTAN, a KFOR foi criada para garantir a manutenção da paz na região, desmilitarizar o Exército de Libertação de Kosovo, e apoiar o esforço humanitário internacional.

    O Kosovo proclamou a independência em 2008, de forma unilateral,  e é reconhecido por mais de 100 Estados membros da ONU. A Sérvia, bem como Rússia, China, Israel, Irã, Espanha, Grécia e outros países não reconhecem a independência do Kosovo.

    Mais:

    Rússia: criação das forças armadas de Kosovo seria um ato de irresponsabilidade
    'Crimeia é Rússia e Kosovo é Sérvia'
    Opinião: cooperação com Rússia protegerá Sérvia do 'Exército do Kosovo'
    Tags:
    Kosovo, Sérvia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik