19:35 16 Outubro 2018
Ouvir Rádio
    Presidente dos EUA, Barack Obama, durante uma sessão de fotos na cúpula do grupo G20

    WikiLeaks: Obama interferiu na corrida eleitoral francesa

    © Sputnik / Sergey Guneev
    Europa
    URL curta
    14111

    O ex-presidente norte-americano Barack Obama interveio durante seu mandato na campanha eleitoral francesa apoiando o candidato Emmanuel Macron, disse no domingo (7) a organização WikiLeaks.

    "Obama interferiu nas eleições francesas apoiando Macron depois de dar ordem à CAI de roubar as agendas dos partidos", escreveu a organização no Twitter.

    Anteriormente, a equipe de Macron tinha anunciado um ataque hacker que resultou no vazamento de e-mails, documentos e fotos do movimento. 

    Em fevereiro de 2017, o WikiLeaks comunicou que agentes da CIA se haviam infiltrado nos principais partidos da França e penetrado nos seus sistemas eletrônicos antes das eleições de 2012. Os documentos evidenciavam que a CIA estava interessada no presidente daquele tempo, Nicolas Sarkozy, no futuro presidente François Hollande, na líder da Frente Nacional Marine Le Pen e nos ex-candidatos à presidência Martin Aubry e Dominique Strauss-Kahn. Segundo o WikiLeaks, a operação durou dez meses.

    Mais:

    #MacronLeaks: WikiLeaks analisa dezenas de milhares de documentos vazados sobre Macron
    Caça a informadores do WikiLeaks: a CIA tem traidores?
    Apoio de Obama a Macron nas presidenciais francesas mostra 'hipocrisia' do neoliberalismo
    Tags:
    CIA, WikiLeaks, Nicolas Sarkozy, Marine Le Pen, François Hollande, Emmanuel Macron, Barack Obama, França, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik