19:29 03 Abril 2020
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    308
    Nos siga no

    A polícia de Paris foi forçada a usar gás lacrimogêneo para acalmar os hooligans que invadiram as fileiras da manifestação de 1º de maio na capital francesa.

    Milhares de manifestantes, respondendo à chamada dos principais sindicatos franceses — CGT, FO e outros — marcharam da Praça da República à Place de la Nation.

    De acordo com um cenário que se tornou habitual recentemente, hooligans com rostos cobertos começaram a atirar coquetéis Molotov e lixo contra os policiais. Como resposta, a polícia usou gás lacrimogéneo. Por algum tempo, a marcha esteve parada enquanto a polícia lidava com os hooligans. Em seguida, o movimento continuou.

    De acordo com o canal BFMTV, pelo menos três membros das forças especiais ficaram feridos. A farda de um dos policiais se inflamou por causa da mistura incendiária, mas as chamas foram rapidamente apagadas. A rua onde a manifestação decorre está envolta em gás lacrimogéneo.

    Vários manifestantes incendiaram um carrinho de em supermercado com um dragão de papelão e lançaram-no contra os policiais.

    ​A manifestação em Paris decorre com medidas de segurança reforçadas nas vésperas do segundo turno das eleições presidenciais. Como foi relatado anteriormente, mais de 9 mil policiais mantêm a segurança.

    Mais:

    Abertura das seções eleitorais em Paris
    França libera suspeitos de ligação ao ataque de Paris
    Polícia dispersa protesto em Paris na véspera das eleições (VÍDEO)
    Tags:
    polícia, gás lacrimogêneo, protestos, Dia do Trabalhador, França, Europa
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar