11:14 25 Junho 2019
Ouvir Rádio
    Um manifestante de máscara durante os protestos depois de publicação do relatório Chilcot

    Brexit levou Tony Blair a voltar à política

    © REUTERS / Peter Nicholls
    Europa
    URL curta
    636

    O ex-premiê britânico Tony Blair (entre 1997 e 2007) disse que a saída do Reino Unido da UE levou-o a voltar à política.

    A mídia informou anteriormente que Blair acredita que "na política britânica há um enorme espaço vazio que ele pode preencher" e que pretende desempenhar um papel fundamental na saída do país da União Europeia. Blair, em fevereiro, pediu aos britânicos que apoiam a permanência do país na União Europeia para protestar contra o resultado do referendo.

    "O Brexit se tornou a minha motivação direta para me envolver mais na política", disse Blair, de 63 anos de idade, em uma entrevista ao Mirror. Ele acrescentou que a saída do Reino Unido da UE será muito difícil.

    "Eu não quero me ver em uma situação em que vivemos este momento histórico e eu não disse nada, porque isso significa que não me preocupo com este país. Mas eu estou preocupado", disse o ex-premiê.

    O procedimento do Brexit foi oficialmente lançado no final de março deste ano. Espera-se que as negociações sobre os termos do "divórcio" comecem em junho, devendo o país sair da UE até o fim de março de 2019.

    Mais:

    Parlamento Europeu diz que Brexit pode ser revogado
    Na mira da Espanha: o que será de Gibraltar após o Brexit?
    Rússia alerta para 'desintegração' da Europa após Brexit
    Tags:
    Brexit, Brexit, Tony Blair, União Europeia, Grã-Bretanha, Reino Unido
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar