13:22 11 Dezembro 2018
Ouvir Rádio
    Marine Le Pen, líder do partido francês Frente Nacional e candidata à eleição presidencial francesa de 2017, registra sua cédula em uma zona de votação em Henin-Beaumont, no norte da França durante o primeiro turno das eleições 2017.

    Sondagens de boca de urna apontam liderança de Macron e Le Pen na França

    © REUTERS / Charles Platiau
    Europa
    URL curta
    2791

    45 milhões de franceses vão às urnas neste domingo para escolher o sucessor de François Hollande. Nenhum dos candidatos deve obter a maioria absoluta, mas pesquisas de boca de urna já apontam para a liderança da candidata da Frente Nacional, Marine Le Pen e do centrista Emmanuel Macron.

    O ex-ministro da Economia e a líder da Frente Nacional largavam na frente de acordo com levantamento realizado ao meio-dia (horário local) pelo canal de TV Belga RTBF.

    De acordo com o canal, Macron tinha 24% dos votos, contra 22% de Le Pen. O conservador François Fillon, que era considerado favorito ao cargo até denúncias de corrupção obliterarem sua campanha, tem 20,5% seguido do líder de esquerda Jean-Luc Mélenchon, que soma 18%.

    Anteriormente, o canal informou que o maior número de votos nas três territórios ultramarinos da França — São Pedro e Miquelão, Martinica e Guiana — foi para Jean-Luc Mélenchon.

    ​​A publicação de previsões e os resultados de boca de urna  são proibidos na França até o encerramento das votações. Neste contexto, meios de comunicação de países vizinhos, incluindo a Bélgica, Suíça e Alemanha publicam dados de pesquisas próprias regularmente. Os resultados finais, porém, podem divergir do apresentado.

    Mais de 66.500 zonas de votação estão abertas na França desde as 8:00 no horário local (3:00 no horário de Brasília).As urnas se fecham às 19:00 (14:00 em Brasília).

    Mais:

    Atentado em Paris vai ajudar Le Pen a vencer eleição, diz Trump
    Vitória de Marine Le Pen pode levar à desintegração da UE
    Tags:
    RTBF, Jean-Luc Mélenchon, Emmanuel Macron, François Fillon, Marine Le Pen, São Pedro e Miquelão, Martinica, Guiana, Suíça, Brasília, Bélgica, Alemanha, França
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik