18:48 03 Abril 2020
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    811
    Nos siga no

    Milhares de imigrantes e refugiados que chegaram à Alemanha a partir do Afeganistão podem ser ex-membros do grupo terrorista Talibã, informou a imprensa alemã neste sábado.

    O Serviço Federal para a Migração e os Refugiados informou os serviços de segurança alemães sobre a ameaça potencial, informou Spiegel.

    Paralelamente, diz-se que alguns imigrantes fornecem informações falsas sobre as suas ligações ao Talibã, numa tentativa de persuadir as autoridades alemãs de que podem sofrer perseguições no Afeganistão — possivelmente uma pena de morte — em caso de deportação.

    O Ministério Público alemão está investigando 70 casos de possíveis ligações de refugiados ao grupo Talibã.

    Em 2015, a Alemanha inaugurou uma política de portas abertas aos refugiados, tornando-se um dos principais destinos para os imigrantes provenientes do Oriente Médio e do Norte da África. De acordo com o Ministério do Interior do país, Alemanha recebeu cerca de 280 mil imigrantes em 2016, e 890 mil em 2015. A maioria dessa recente onda de refugiados para a Alemanha é egressa da Síria ou do Afeganistão.

    Mais:

    Alemanha identifica facções neonazistas em suas Forças Armadas
    Alemanha chama de 'inaceitável', comparação de presidente turco entre Merkel e o nazismo
    Turcos expatriados na Alemanha vão votar no referendo que aumenta poderes de Erdogan
    Homem armado ataca centro de refugiados na Alemanha
    Tags:
    imigrantes, refugiados, Talibã, Afeganistão, Alemanha
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar