15:05 26 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    0 11
    Nos siga no

    Cinco pessoas suspeitas de ligação com grupos terroristas foram presas nesta sexta-feira em Bruxelas, segundo informações da Procuradoria Federal da Bélgica. As detenções ocorreram após uma série de buscas por parte da polícia local.

    “No total, cinco pessoas foram detidas para interrogatório”, informou a procuradoria em comunicado reproduzido pelo jornal francês Le Figaro. “[Os presos] são suspeitos de terem participado de atividades de um grupo terrorista”.

    Nenhum outro detalhe foi dado sobre as buscas feitas nos bairros de Molenbeek, Ganshoren e Roosdaal. De acordo com as autoridades belgas, as buscas e detenções não possuem ligação com o atentado de quinta-feira em Paris, que causou a morte de um policial.

    A explosão de duas bombas no aeroporto de Bruxelas e em uma estação de metrô da capital belga, em março de 2016, matou 32 pessoas. À época, o Daesh alegou ser o responsável pelos ataques, como fez também após o mais recente atentado em Paris. 

    Contudo, o promotor francês François Molins disse nesta sexta-feira que o responsável pelo tiroteio, Karim Cheurfi, de 39 anos, não possuía ligações com nenhum grupo extremista, apesar de ter sido condenado pela Justiça local em quatro oportunidades.

    Mais:

    Moscou adverte para ameaça de terrorismo na Tailândia
    Secretário do Conselho de Segurança russo: política dos EUA intensifica terrorismo
    Ameaça de terrorismo nos EUA está pior que antes dos ataques de 11 de Setembro
    Tags:
    Bélgica, François Molins, Karim Cheurfi, Daesh, terrorismo, bruxelas
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar