19:02 25 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    1512
    Nos siga no

    O envio de caças de quinta geração F-35 ao Reino Unido mostra que a Casa Branca não tenciona deixar Europa desprotegida perante a "Rússia hostil".

    De acordo com colunista do jornal The Independent Samuel Osborne, estes caças ajudam proteger os aliados da "agressão russa", enquanto os treinamentos conjuntos das forças aéreas do países da OTAN reforçarão o potencial de defesa do bloco.

    "É importante obtermos em conjunto a experiência que nos ajudará a nos tornarmos uma equipe unida que possa defender a soberania dos países-membros da OTAN", declarou Tod Wotlers, comandante da Força Aérea norte-americana na Europa.

    Na semana passada o Pentágono enviou alguns caças F-35A para a base aérea britânica de Lakenheath. O envio foi realizado no âmbito da iniciativa sobre a segurança europeia proposta ainda por Obama em 2014.

    Mais:

    Noruega desenvolve balas subaquáticas para OTAN
    Times: Reino Unido desaprendeu de colaborar com a Rússia
    OTAN diz que não quer nova Guerra Fria e corrida armamentista com a Rússia
    Primeiros veículos blindados do Reino Unido chegam à Estônia para a implantação da OTAN
    Tags:
    Europa, Reino Unido, OTAN, F-35
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar