03:34 28 Maio 2020
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    1134
    Nos siga no

    O presidente da Moldávia, Igor Dodon, assinou um decreto estipulando a realização de um referendo sobre quatro temas. Entre os assuntos mais polêmicos, destaca-se a redução do número de parlamentares no país e a ampliação dos poderes presidenciais.

    "Decidi iniciar um referendo consultivo sobre quatro temas", disse Dodon, durante uma coletiva de imprensa por ocasião dos seus 100 primeiros dias de governo. 

    A consulta na Moldávia está programada para o dia 24 de setembro. Caso consiga o apoio popular necessário, o presidente terá o poder, entre outras coisas, de dissolver o parlamento, do qual foi membro entre os anos de 2009 e 2016, antes de se tornar o primeiro presidente eleito diretamente pelo povo desde 1996, pelo Partido dos Socialistas da República da Moldávia.

    Mais:

    Moldávia quer que OTAN reconheça a neutralidade do país
    Rússia espera melhorar relações com Bulgária e Moldávia
    Com novo presidente, a Moldávia parece estar dando as costas à Europa
    Tags:
    referendo, Partido dos Socialistas da República da Moldávia, Igor Dodon, Moldávia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar