09:16 30 Novembro 2020
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    1263
    Nos siga no

    O partido de centro-direita búlgaro Gerb venceu as eleições com 33,18% dos votos contra 27,45% do Partido Socialista Búlgaro (BSP), mais alinhado aos interesses de Moscou. O Gerb agora começa uma árdua batalha para formar maioria no Parlamento e assim, assumir a cadeira de primeiro-ministro do país.

    Considerado o país mais pobre da União Europeia, a Bulgária passa por um período de turbulência política. Esta é a terceira eleição em quatro anos, convocada depois que o governo liderado por Borisov renunciou em novembro depois que o candidato do partido perdeu uma eleição presidencial para o candidato pró-russo, Rumen Radev.

    A vitória nas urnas, porém, não garante a liderança da Bulgária. Os socialistas já deixaram claro que também devem tentar formar maioria, para o caso da Gerb não ser capaz de fazê-lo.

    "Queremos felicitar os vencedores da Gerb", disse a líder socialista Kornelia Ninova reconhecendo a derrota e acrescentando que "se eles não conseguirem formar um governo e nós recebermos um mandato, vamos tentar formar um governo búlgaro".

    A eleição era considerada estratégica para a União Europeia, já que a Bulgária assume a presidência temporária do bloco em janeiro de 2018.

    Mais:

    WSJ: Rússia ganha novos aliados após resultados das eleições em Moldávia e Bulgária
    Bulgária adota polêmica lei antiterrorismo
    Bulgária se manifesta contra escalada militar no leste europeu
    Brasil espera que Bulgária ajude acordo de livre comércio Mercosul-União Europeia
    Tags:
    Gerb, BSP, Partido Socialista Búlgaro, União Europeia, Kornelia Ninova, Rumen Radev, Bulgária, Europa, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar