14:34 21 Julho 2018
Ouvir Rádio
    Donetsk after shelling

    Ministério da Defesa da República Popular de Donetsk é bombardeado

    © Sputnik / Irina Geraschenko
    Europa
    URL curta
    3214

    Um dos edifícios do Ministério da Defesa da autoproclamada República Popular de Donetsk foi alvejado por lança-granadas, disse uma fonte no parlamento da república à Sputnik.

    "De acordo com a informação de que dispomos, hoje de manhã (24), desconhecidos alvejaram, supostamente de lança-granadas, o 4º andar de um de edifícios do nosso Ministério da Defesa. Atualmente, não temos mais informação, os dados estão sendo confirmados", disse o parlamentar.

    O governo da Ucrânia lançou uma operação militar em abril de 2014 para reprimir uma revolta que explodiu nas repúblicas de Donetsk e Lugansk após o golpe que derrubou o presidente eleito Viktor Yanukovich, com os rebeldes dessa região se recusando a reconhecer as novas autoridades de Kiev. 

    Em fevereiro de 2015, as duas partes em conflito assinaram um grande acordo em Minsk, na Bielorrússia, que previa uma série de pontos a serem seguidos no processo de pacificação, incluindo, principalmente, um cessar-fogo. Apesar disso, os combates em Donbass continuaram, e se intensificaram novamente no início deste ano, com os dois lados se acusando de uma série de violações.

    O vice-comandante do comando de operações militares de Donetks Eduard Basurin disse aos jornalistas que o ataque resultou no ferimento de uma mulher civil.

    "Hoje, por volta das 08h50m (horário local), três pessoas de um grupo de sabotagem e espionagem ucraniano atacou com lança-granadas [o 4º andar de um edifício do Ministério da Defesa da República] e os estilhaços atingiram uma casa de habitação", disse Basurin.

    Segundo ele, uma mulher civil sofreu um ferimento por estilhaços.

    Mais:

    Sucessor do famoso miliciano Motorola promete arrebatar Donbass da Ucrânia
    Tentativa de avanço da Ucrânia sobre Donbass: 10 militares morreram
    Poroshenko reconhece que Ucrânia perdeu toda a influência sobre Donbass
    Tags:
    bombardeamento, Donetsk, Donbass
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik