00:14 24 Agosto 2017
Ouvir Rádio
    Daesh recruta jovens pela Internet

    Autoridades alemãs entregam marroquino investigado em Portugal por suposto apoio ao Daesh

    © REUTERS/ Dado Ruvic
    Europa
    URL curta
    1277 0 0

    O homem, nacional do Marrocos, foi preso na Alemanha depois de um mandado de detenção internacional emitido pelo Ministério Público português. Ele residiu na região de Aveiro, no centro de Portugal, e é acusado de adesão e apoio ao Daesh (grupo terrorista autodenominado Estado Islâmico, proibido na Rússia).

    "A sua detenção ocorreu em cumprimento de mandado de detenção europeu emitido pelo Departamento Central de Investigação e Ação Penal (DCIAP), tendo as autoridades judiciárias alemãs determinado a entrega do detido às autoridades portuguesas durante a tarde do dia de hoje. Nesta investigação, o Ministério Público é coadjuvado pela Unidade Nacional contra Terrorismo da Polícia Judiciária", esclareceu a Procuradoria Geral da República, segundo o portal português Jornal de Notícias.

    O marroquino faz parte de uma rede investigada por autoridades portuguesas desde 2015. Segundo o portal Público, a investigação agora será conduzida pela Unidade Nacional Contra Terrorismo em parceria com o DCIAP.

    O suspeito, que tem 63 anos, será ouvido por um juiz de instrução criminal ainda nesta tarde em Portugal. Nenhum detalhe sobre a identidade do suspeito foi repassada à imprensa até o momento.

    Mais:

    Brasil deporta físico argelino acusado de terrorismo
    Ministro nega existência de outros grupos suspeitos de terrorismo no Brasil
    Tags:
    Público, DCIAP, Unidade Nacional Contra Terrorismo da Polícia Judiciária, Departamento Central de Investigação e Ação Penal, Daesh, Estado Islâmico, Aveiro, Marrocos, Portugal
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik