11:04 11 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    835
    Nos siga no

    O primeiro lote de veículos blindados do Reino Unido chegou à Estônia como parte da campanha da Otan para aumentar a presença militar na Europa Oriental, informou o Ministério da Defesa do Reino Unido nesta quarta-feira.

    O lote, que inclui os tanques Challenger 2, as armas de artilharia AS-90 automotora e os veículos de combate de infantaria Warrior, viajará agora por estrada para seu local de implantação na cidade de Tapa, de acordo com o comunicado.

    "Os primeiros de centenas de veículos militares do Reino Unido chegaram à Estônia para apoiar o grupo de combate avançado do Reino Unido, localizado em Tapa, uma das maiores implantações da OTAN na Europa Oriental", disse o ministério em comunicado.

    O desdobramento vem à frente das tropas da Otan, que se espera que comecem a chegar no Báltico em abril. Mais de 100 soldados britânicos já haviam chegado à Estônia no início deste mês. O pessoal do Reino Unido também está pronto para ser acompanhado por tropas francesas e dinamarquesas. Os primeiros 50 soldados franceses chegaram na segunda-feira.

    A OTAN decidiu enviar tropas adicionais para os países bálticos durante a cúpula de julho em Varsóvia. Os aliados concordaram em desdobrar quatro batalhões multinacionais para a Estônia, Letônia, Lituânia e Polônia. Mais de uma dúzia de Estados da OTAN contribuirão com tropas para a missão.

    A Aliança tem impulsionado sua presença militar na Europa, particularmente nos Estados da Europa Oriental, desde o início da crise ucraniana, citando a suposta interferência da Rússia nesse conflito como justificativa para a mudança.

    Mais:

    Agentes por toda a parte... OTAN acusa comediantes russos de servir ao Kremlin
    'Solidariedade com OTAN' não permite que Letônia visite objetos militares na Rússia
    Tags:
    AS-90, Warrior, Challenger 2, Ministério da Defesa do Reino Unido, OTAN, Tapa, Letônia, Lituânia, Polônia, Estônia, Rússia, Europa Oriental, Países Bálticos, Reino Unido
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar