02:40 23 Janeiro 2020
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    318
    Nos siga no

    A fragata francesa La Fayette entrou no mar Negro. O especialista militar Konstantin Sivkov expressou sua opinião ao serviço russo da Rádio Sputnik dizendo que é provável que a fragata da Marinha francesa esteja efetuando na região uma missão da OTAN.

    A fragata francesa La Fayette, equipada com mísseis guiados, entrou no mar Negro, informou o embaixador francês na Bulgária, Eric Lebédel. Mais cedo, um site especializado de vigilância do movimento de navios no estreito do Bósforo informou sobre a rota da fragata.

    O embaixador da França confirmou essa informação no seu Twitter, acrescentando: "Em breve chegará a Varna! Bem-vindos à Bulgária!".

    O membro-correspondente da Academia de Ciências de Mísseis e Artilharia e doutor em ciências militares Konstantin Sivkov não exclui que essa fragata possa transportar elementos de sistema de defesa antimíssil ou antiaérea.

    "Em regra, tais navios transportam cargas pequenas, mas importantes, cuja inspeção deve ser excluída em quaisquer circunstâncias. É bastante possível que a fragata transporte alguns sistemas de armamento.  Quais — nós podemos somente supor. Se se tratar da Bulgária, provavelmente serão alguns elementos do sistema de defesa antiaérea ou elementos do sistema de defesa antimíssil caso se trate da Romênia. Por isso, é bastante possível que alguns elementos do sistema de defesa antimíssil estejam colocados no navio. E tudo isso é realizado segundo os planos da OTAN. A Aliança Atlântica está explorando a região estrategicamente importante do mar Negro e estão deslocando para lá seus grupos navais", declarou o especialista militar ao serviço russo da Rádio Sputnik.

    Os criadores das fragatas da classe La Fayette usaram tecnologias ‘stealth' para reduzir sua detecção por radares, sendo o casco do navio coberto com um novo tipo de tinta com capacidade de redução do sinal de radar. A fragata La Fayette se destina a ser usada em regiões de crise e transporta mísseis e um helicóptero Panther, diz o site do Ministério da Defesa da França. A classe La Fayette é composta por cinco navios, o primeiro dos quais — a fragata La Fayette — foi lançado em 1992.

    Mais:

    Atividade naval perto da Rússia: 4 navios da OTAN chegam a porto ucraniano
    Submarinos russos vão aumentar presença no Ártico
    'Superarma do futuro' na ilha? Sul-coreanos de Jeju estão insatisfeitos com planos dos EUA
    Ataque nuclear preventivo dos EUA contra Rússia: realidade ou ilusão?
    Tags:
    helicóptero, armamento, fragata, sistema de defesa de mísseis, sistema de defesa antiaéreo, Ministério da Defesa (França), OTAN, Academia de Ciências da Rússia, Marinha da França, mar Negro, Bulgária, França
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar