11:23 21 Junho 2021
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    3115
    Nos siga no

    A Letônia se recusou a enviar representantes seus para visitarem objetos militares na região russa de Pskov, informa o Ministério da Defesa russo.

    O ministério russo explicou que convidou os militares letões a visitarem a brigada de aviação do exército na cidade de Ostrov e a divisão de tropas paraquedistas de Pskov.

    "Mas a solidariedade com OTAN não permitiu à parte letã enviar seus representantes para poderem verificar que não há nenhuma ameaça real por parte do Ministério da Defesa da Rússia nesta região", disseram no ministério russo.

    Os altos responsáveis militares russos também comentaram as palavras do secretário-geral da OTAN, Jens Stoltenberg, que anteriormente havia declarado que em 2016 a Aliança convidou observadores russos pelo menos por dez vezes a manobras da OTAN.

    De acordo com representantes do Ministério da Defesa russo, eles receberam apenas um convite, às manobras Anaconda-16 na Polônia. Os inspetores russos verificaram a área da realização das manobras fora do quadro do convite, mas a parte polonesa se recusou a ceder informações e a responder a perguntas.

    No entanto, o Ministério da Defesa russo convidou os representantes da OTAN mais de 30 vezes para participar de vários eventos, inclusive do fórum EXÉRCITO 2016, dos Jogos Militares Internacionais e a assistir a ações dos militares russos nas manobras Kavkaz-2016.

    Mais:

    A República Tcheca a caminho de deixar a União Europeia e a OTAN?
    Letônia acolhe exercícios militares internacionais Silver Arrow 2016
    Caças da OTAN sobrevoam Estônia
    Letônia recebe 5 helicópteros norte-americanos Black Hawk
    Tags:
    manobras, Ministério da Defesa (Rússia), OTAN, Rússia, Letônia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar