03:36 13 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Prédio do Parlamento do Reino Unido

    Brexit impede autoridades britânicas de visitar o estrangeiro

    © flickr.com / Hernán Piñera
    Europa
    URL curta
    382
    Nos siga no

    O Partido Conservador do Reino Unido proibiu os membros do governo de sair do país devido ao início do processo de saída do país da União Europeia, o assim chamado Brexit.

    A informação foi divulgada pelo jornal The Daily Telegraph.

    De acordo com a publicação, pelo menos dois ministros ficaram obrigados a mudar seus planos para visitar o estrangeiro em ligação com a situação. A edição não especificou os nomes dos políticos, mas um deles divulgou:

    "É impossível sair neste momento. Se a tendência continua, surgirá um estímulo para organizar eleições antecipadas".

    A limitação de sair para estrangeiro, segundo o outlet da mídia, está ligada ao fato de os conservadores só terem uma margem insignificante de vantagem no Parlamento britânico.

    O partido no poder, segundo o jornal, receia que a saída de ministros na véspera da votação do projeto de lei que lança o processo do Brexit poderia mudar o equilíbrio de forças e que alguns conservadores possam se juntar aos apoiadores da UE, aprovando assim as mudanças propostas ao documento pela Câmara dos Lordes.

    Na sexta-feira (10), o jornal tinha informado que os procedimentos do Brexit podem ser lançados já em 14 de março, após de na tarde de 13 de março ambas as câmaras do Parlamento aprovarem o projeto de lei respectivo.

    Os pares já introduziram duas emendas ao documento – sobre a proteção dos direitos dos cidadãos da UE que vivem no Reino Unido e sobre a obrigatoriedade de o governo ter aprovação do Parlamento para a conclusão do acordo com a União Europeia sobre a saída. No momento está previsto que o gabinete da premiê Theresa May rejeite ambas as emendas.

    O referendo sobre a saída do Reino Unido da UE foi realizado em 23 de junho de 2016 e foi aprovado por mais de metade dos votantes. Após o referendo, o então premiê britânico David Cameron renunciou ao mandato e foi substituído no posto pela chefe do Ministério do Interior Theresa May.

    Tags:
    parlamentares, Brexit, Theresa May, União Europeia, Reino Unido
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar