15:42 22 Julho 2018
Ouvir Rádio
    Kiev decidiu não renovar licença de rádio ucraniana que transmitia programas em língua russa

    Rússia acusa Ucrânia de censura

    © Foto: Pixabay
    Europa
    URL curta
    420

    Moscou expressou hoje grande tristeza pela decisão do governo ucraniano de fechar a estação de rádio Vesti, acusando Kiev de atentar contra a liberdade de expressão.

    Recentemente, o Conselho Nacional de Televisão e Radiodifusão da Ucrânia decidiu não renovar a licença da estação nacional Vesti, pelo fato de que a maior parte da programação da rádio era em língua russa. Para os proprietários da estação, a medida foi injusta e politicamente motivada. 

    Nesta, sexta-feira, o Ministério das Relações Exteriores da Rússia divulgou um comunicando lamentando o fim das transmissões da Vesti

    "Nós ouvimos de Kiev, com muito pesar, a notícia sobre a decisão de 3 de março do Conselho Nacional de Televisão e Radiodifusão de não renovar a licença da estação de rádio Vesti", afirmou a chancelaria russa por meio de nota oficial, dizendo considerar a manobra "um ataque direto à liberdade de expressão". 

    Ainda de acordo com a diplomacia da Rússia, Moscou espera que a Organização para a Segurança e Cooperação na Europa (OSCE) analise seriamente o incidente. 

    "Esperamos que a representante da OSCE Dunja Mijatovic avalie os acontecimentos em torno da estação de rádio Vesti, em Kiev."

    Mais:

    Jornalistas brasileiros repudiam censura e expulsão de diretor da Sputnik na Turquia
    Repórteres sem Fronteiras: Erdogan ameaça liberdade de expressão e jornalistas
    Dilma: é tarefa urgente conciliar liberdade de expressão e direitos individuais
    ‘Fora Temer’ nos Jogos Olímpicos, pode? – ministro do STF defende liberdade de expressão
    Tags:
    liberdade de imprensa, liberdade de expressão, censura, OSCE, Vesti, Dunja Mijatovic, Moscou, Kiev, Rússia, Ucrânia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik