22:51 25 Agosto 2019
Ouvir Rádio
    Tayyip Erdogan e Angela Merkel

    Erdogan compara autoridades alemãs com nazistas

    © AP Photo / Axel Schmidt,file
    Europa
    URL curta
    23167

    O presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, comparou as autoridades alemãs no domingo com os nazistas pela proibição dos comícios de campanha de Ancara em solo alemão antes de uma votação crucial sobre os poderes executivos.

    Presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan (Arquivo)
    © AFP 2019 / STR / TURKISH PRESIDENTIAL PRESS OFFICE
    Duas cidades na Alemanha retiraram na semana passada suas permissões para os comícios turcos que deveriam ser abordados pelos ministros da Justiça e Economia turcas. Ancara busca o apoio de sua comunidade de expatriados na Alemanha para uma mudança constitucional que daria mais poderes a Erdogan.

    "Alemanha, você está a quilômetros de ser uma democracia, suas ações não são diferentes das dos nazistas no passado", disse Erdogan em um discurso em Istambul.

    Há de se destacar que relembrar o passado nazista ou mesmo comparar algum alemão aos partidários de Hitler é uma das maiores ofensas no país. Adolescentes começam aos 13 anos, a estudar sobre o nazismo e são instruídos pelos professores a sentirem vergonha do passado nacional. Até 2016, o famoso livro escrito por Hitler, "Mein Kampf" (Minha Luta) era proibido no país.

    O cancelamento de comícios alemães, bem como a oposição holandesa a um comício semelhante em Roterdã, irritou Ancara, com o ministro turco Mevlut Cavusoglu afirmando que nada impedirá as autoridades turcas de encontrarem o seu povo. O encontro de Roterdã aconteceria no dia 11 de março.

    Mais:

    Multidão protesta na Alemanha contra presidente da Turquia
    Turquia apresenta ultimato à Alemanha
    Tags:
    Mein Kampf, Adolf Hitler, Recep Tayyip Erdogan, Mevlut Cavusoglu, Turquia, Istambul, Holanda, Roterdã, Alemanha
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar