01:58 19 Janeiro 2018
Ouvir Rádio
    U.S. President Donald Trump speaks with British Prime Minister Theresa May in the Oval Office of the White House in Washington January 27, 201

    Reino Unido vai debater petição que pede cancelamento de visita de Trump

    © REUTERS/ Kevin Lamarque
    Europa
    URL curta
    10110

    O Parlamento britânico colocou na agenda desta segunda-feira, o debate sobre uma petição contra a visita oficial do Presidente dos EUA, Donald Trump, ao Reino Unido que recebeu 1,85 milhões de assinaturas.

    Dezenas de milhares de cidadãos do Reino Unido devem participar de protestos em todo o país na segunda-feira para exigir que a visita de estado de Trump ao país seja cancelada em meio a suas duras ordens anti-migrantes.

    Em janeiro, a primeira-ministra do Reino Unido, Theresa May, realizou uma reunião com Trump, durante a qual ela convidou o presidente dos EUA em nome de Sua Majestade a Rainha a visitar o Reino Unido no final deste ano. Mais tarde, uma petição on-line foi publicada no site do Parlamento britânico, exigindo que Trump fosse impedido de fazer uma visita de Estado à Grã-Bretanha em meio à sua ordem executiva de 27 de janeiro proibindo os refugiados sírios de entrar nos Estados Unidos e implementando um bloqueio de três meses a qualquer cidadão da Síria, Irã, Iraque, do Iêmen, da Somália, do Sudão e da Líbia.

    No início de fevereiro, May oficialmente rejeitou a petição dizendo que Trump "deve ser estendido a cortesia completa de uma visita de Estado", no entanto, observou que o governo levou em consideração a forte posição expressa por muitas assinaturas.

    No domingo, o prefeito de Londres, Sadiq Khan, disse que Trump não deveria receber uma visita de estado devido à sua política anti-migrante. Ele é descendente de paquistaneses.

    Tags:
    Parlamento britânico, Sadiq Khan, Theresa May, Estados Unidos, Grã-Bretanha, Somália, Líbia, Iêmen, Irã, Iraque, Síria, Reino Unido, Sudão
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik