19:22 20 Outubro 2019
Ouvir Rádio
    Tanque ucraniano na cidade de Avdeevka, Ucrânia

    Dirigente de Donetsk indica motivos da Ucrânia ao escalar conflito em Donbass

    © AFP 2019 / Aleksey FILIPPOV
    Europa
    URL curta
    Escalada da tensão militar na Ucrânia (32)
    4102
    Nos siga no

    Eduard Basurin, vice-chefe do comando operacional da república autoproclamada de Donetsk indicou as causas principais do recomeço dos combates em Donbass e da atual posição de Kiev.

    O motivo principal são as contradições internas da própria Ucrânia. Outra causa é a mudança na política internacional que poderá levar a que Ocidente deixe de apoiar Kiev.

    A tensão em Donbass aumentou nos últimos dias de janeiro, quando as repúblicas não reconhecidas de Donetsk e Lugansk relataram ataques realizados por parte do exército ucraniano. Hoje em dia a situação no Leste da Ucrânia permanece grave, as partes do conflito denunciam diariamente violações do regime do cessar-fogo.

    "Em primeiro lugar são contradições internas da própria Ucrânia. Os radicais querem subir ao poder devido ao descontentamento com a política de Poroshenko…Mas, não se pode deixar de levar em consideração a mudanças na política internacional — a tomada de posse de Donald Trump. Para além disso, o fato do mandato de Hollande estar chegando ao fim. Tudo isto significa que Kiev ficará a sós com seus problemas. Muito provavelmente não haverá mais apoio dos EUA ou da Europa. Por isso, autoridades ucranianas fazem tudo para agravar a situação", disse Basurin em uma entrevista para edição Izvestia.

    Ele também acrescentou que Kiev usa situação em Donbass para desviar a atenção dos problemas econômicos internos da Ucrânia.

    Tema:
    Escalada da tensão militar na Ucrânia (32)

    Mais:

    Kiev reforça ainda mais escalada do conflito em Donbass com envio de batalhões
    Milícias de Lugansk: militares ucranianos ocupam casas de civis em Donbass
    Lugansk e Donetsk esperam ofensivas das forças ucranianas
    Inteligência de Donbass relata falta de pessoal no exército ucraniano
    Tags:
    conflito armado, ataque, Donald Trump, Eduard Basurin, Pyotr Poroshenko, Donbass, Ucrânia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar