14:41 13 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    O funeral do famoso comandante Givi em Donetsk

    Mais de 10 mil pessoas assistem ao funeral do famoso comandante Givi das milícias (VÍDEO)

    © Sputnik / Valery Melnikov
    Europa
    URL curta
    514
    Nos siga no

    Mais de 10 mil pessoas podem estar participando da cerimónia fúnebre do comandante do Batalhão Somali da milícia da RPD Mikhail Tolstykh, conhecido como Givi, comunicou o Ministério do Interior de Lugansk à Sputnik.

    Tolstykh, conhecido como Givi, faleceu nos arredores de Donetsk na quarta, segundo informações preliminares, em resultado de um disparo de lança-foguetes Shmel através da janela de seu gabinete.

    As autoridades de Donetsk acreditam que isso foi um atentado que pode ter sido organizado pelos serviços secretos da Ucrânia. O funeral de Givi está sendo realizado em Donetsk nesta sexta-feira (10).

    Multidão de pessoas na cerimonia fúnebre de Givi, Donetsk
    © Sputnik / Valery Melnikov
    Multidão de pessoas na cerimonia fúnebre de Givi, Donetsk

    Segundo comunica o correspondente da Sputnik, o caixão com o corpo de Tolstykh foi retirado do prédio do Teatro de Ópera e colocado sobre uma peça de artilharia puxada por um veículo rebocador.

    No momento o rebocador está se movendo a baixa velocidade pela rua central da cidade de Donetsk, sendo seguido por uma multidão de pessoas que o acompanham.

    "Segundo informação preliminar, a quantidade de pessoas aqui pode superar as 10 mil", disse à Sputnik um representante do Ministério do Interior de Donetsk.

    A processão funeral deverá se encaminhar para um dos cemitérios de Donetsk, onde será realizado o sepultamento.

    © Sputnik .
    Cenas da cerimônia fúnebre de Givi realizada hoje (10) em Donetsk

    Entretanto Donetsk identifica a série de atentados, em resultado dos quais faleceram os líderes das tropas irregulares Arsen Pavlov e Tolstykh, como um processo de eliminação de pessoas simbólicas.

    "Estamos assistindo a um processo em que começam a matar pessoas que são símbolos. O Misha (Tolstykh) era um símbolo, O Arsen (Pavlov) era um símbolo. É pena que estas pessoas estejam morrendo à mão de terroristas e não na linha da frente com armas nas mãos", disse aos jornalistas o vice-chefe do Comando Operacional de Donetsk Eduard Basurin.

    ​Após o golpe de Estado na Ucrânia, Givi se tornou um dos ativistas do movimento pela autodeterminação das regiões orientais do país. Quando as tropas ucranianas começaram a operação militar contra a RPD e RPL, ele foi nomeado comandante e participou das batalhas por Slavyansk e Ilovaisk, bem como pelo aeroporto de Donetsk. O miliciano recebeu a medalha de herói da RPD e muitas outras condecorações.

    Mais:

    Donetsk: Ucrânia envia mais 200 franco-atiradores para a linha de frente
    Donetsk acusa Ucrânia de colocar mais de 30 LMF e helicópteros na linha de contato
    Tags:
    sepultamento, ativista, cemitério, rebocador, corpo, caixão, cerimônia, funeral, Ministério do Interior, Mikhail Tolstykh, República Popular de Donetsk, Ucrânia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar