09:56 20 Setembro 2017
Ouvir Rádio
    Parece que é a Alemanha, não é? Mas isto é a cidade de Kaliningrado da Rússia. È o exclave russo entre a Polónia e a Lituânia, à beira do Mar Báltico.

    Deputado da Lituânia propõe... arrancar Kaliningrado da Rússia

    © Sputnik/ Konstantin Chalabov
    Europa
    URL curta
    12947751243

    Durante uma discussão realizada na capital lituana Vilnius, a parlamentar Linas Balsys propôs "arrancar Kaliningrado da Rússia", relata a o site local Baltnews.

    De acordo com o parlamentar lituano, Kaliningrado "não foi concedido à Rússia para sempre".

    "Dissemos que iríamos deixá-lo (Kaliningrado) sob a administração da União Soviética até que o acordo final de paz fosse assinado na Europa", disse o político acrescentando que agora a Lituânia ou a União Europeia ou ambas juntas deveriam ser responsáveis por organizar esta devolução.

    O político "justificou" a sua proposta com o recente exemplo da reintegração da Crimeia com a Rússia, que ele descreveu como "mudança de fronteiras", sem mencionar, no entanto, que a península tornou-se parte da Rússia apenas após o referendo na Crimeia em que 96,77% Os habitantes apoiaram a reunificação.

    Anteriormente, o presidente russo, Vladimir Putin, alertou que a revisão dos resultados acordados após o fim da Segunda Guerra Mundial levaria à "abertura da caixa de Pandora".

    Até 1946 o enclave russo de Kaliningrado tinha o nome de Konigsberg e entre 1773-1945 era a capital da província da Prusia Oriental. Após a Conferência de Potsdam, realizada em 1945 após a vitória contra a Alemanha nazista, o território passou a fazer parte da União Soviética.

    Mais:

    Militares das Forças Armadas da Alemanha chegam à Lituânia para 'conter a Rússia'
    Times: Lituânia treina tropas irregulares para o caso de 'ocupação russa'
    Parlamento da Lituânia considera redução de conteúdos russos em redes de TV do país
    Tags:
    Segunda Guerra Mundial, Conferência de Potsdam, União Europeia, Vladimir Putin, Linas Balsys, Rússia, Europa, Kaliningrado, Lituânia, Prússia Oriental, União Soviética, Alemanha, Crimeia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik