05:45 28 Março 2020
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    816
    Nos siga no

    Enquanto a premiê britânica, Theresa May visita Washington a Donald Trump, líderes europeus tentam se antecipar às medidas econômicas, militares e sociais representadas na figura do presidente republicano.

    Nesta sexta, a chanceler da Alemanha, Angela Merkel alertou líderes europeus para as mudanças promovidas pela eleição nos EUA. Sem citar diretamente o presidente, Merkel fez alusões a medidas protecionistas e ao temor que o líder americano tente enfraquecer a União Europeia.

    "Acreditamos que a conjuntura global mudou dramaticamente e rapidamente. Precisamos reagir a esses desafios, tanto para defender uma sociedade livre e defender o livre comércio", disse ela durante uma reunião em Berlim com o presidente da França, François Hollande.

    Hollande também fez um breve comentário sobre a conjuntura política dos EUA, dizendo que é o momento de discutir com Trump "mas com foco na nossa convicção europeia, em levar nossos próprios valores e interesses".

    Nenhum dos dois líderes conversou com o presidente dos EUA até o momento. O único contato de alto grau se deu entre os departamentos de Defesa dos respectivos países, oportunidade na qual o secretário de Defesa norte-americano, James Mattis, elogiou a Otan e o esforço da Alemanha em se engajar nos problemas mundiais ao longo dos últimos anos.

    Tags:
    Departamento de Defesa dos EUA, OTAN, James Mattis, François Hollande, Angela Merkel, Berlim, União Europeia, Alemanha, França
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar