09:39 22 Julho 2019
Ouvir Rádio
    Bandeiras dos EUA e da OTAN em frente dos caças F-22 Raptor  da Força Aérea norte-americana, na Lituânia

    OTAN: com Trump no poder, EUA continuarão leais à Aliança

    © AFP 2019 / Petras Malukas
    Europa
    URL curta
    222

    O secretário-geral da OTAN, Jens Stoltenberg, "está absolutamente seguro" de que os EUA vão continuar leais à Aliança, mesmo depois das recentes declarações do presidente eleito, Donald Trump, com relação a ela.

    "Falei com o presidente eleito dos EUA, Donald Trump, depois da sua eleição. Ele passou um sinal muito claro para mim e para a Aliança em geral que ele e os EUA permanecerão leais aos princípios da OTAN", disse Stoltenberg em entrevista à agência Bloomberg, durante o Fórum de Davos.

    "Duas guerras mundiais e a Guerra Fria nos ensinaram de que a estabilidade na Europa é importante para os EUA e para todo o mundo", frisou Stoltenberg, destacando que trabalhará com o novo presidente dos EUA na "adaptação" da OTAN e no convencimento dos países europeus sobre a importância de investir mais na área da defesa.

    Anteriormente, em entrevista às mídias europeias, Trump declarou sobre a necessidade de reformar a aliança e caracterizou-a como uma organização importante, mas obsoleta.

    Mais:

    Deixar de ser uma 'muleta' da OTAN: França exorta à independência da defesa europeia
    OTAN: Trump não é razão para mudar política em relação à Ucrânia
    Deputado alemão: OTAN se tornou obsoleta e apenas agrava crises
    Polônia planeja criar exército para resistir à 'pressão militar russa' sem ajuda da OTAN
    Grupo naval russo agrava histeria da OTAN
    Opinião: 'apesar das declarações, Trump e OTAN encontrarão consenso'
    Tags:
    adaptação, aliança militar, OTAN, Jens Stoltenberg, Donald Trump, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar