02:25 30 Julho 2021
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    10018
    Nos siga no

    As autoridades ucranianas planejam reestabelecer o controle sobre o território de Donbass neste ano, declarou Vadim Chernysh, ministro ucraniano para os assuntos dos territórios temporariamente ocupados e deslocados internos.

    A declaração foi feita pelo ministro no ar da televisão ucraniana "5 Kanal".

    Conforme as palavras dele, ministro acredita que a "desocupação" começará neste ano, "mas não há motivos para afirmar que isto acontecerá definitivamente".

    "…Agora está sendo desenvolvido o roteiro da recuperação. Devemos estar prontos para que quando as autoridades ucranianas regressarem lá, todos têm que estar preparados para este processo", disse o ministro ucraniano.

    Segundo frisou Chernysh, Kiev enfrenta uma série de problemas em relação à recuperação dos territórios das autoproclamadas repúblicas de Donetsk e Lugansk. Hoje Kiev não dispõe de dados sobre a situação atual nas repúblicas e não tem plano para um novo registro dos habitantes locais.

    Na terça-feira (17), Arsen Avakov, ministro ucraniano do Interior, declarou que a guarda de fronteira deve estar pronta para a "desocupação" de Donbass. Avakov conta que já em 2017 os guardas de fronteira devam estabelecer o controle sobre a fronteira russo-ucraniana na área de Donbass.

    Anteriormente, Avakov havia declarado que Kiev realizará a "desocupação" dentro de dois anos. Contudo, Pyotr Poroshenko sublinhou várias vezes que o problema de Donbass não tem solução militar.

    Em abril de 2014, Kiev lançou uma operação contra as repúblicas autoproclamadas de Donetsk e Lugansk que declararam sua independência depois do golpe de estado ocorrido na Ucrânia. Conforme os últimos dados da ONU, mais de 10 mil pessoas se tornaram vítimas do conflito.

    Mais:

    Donetsk denuncia planejamento de nova ofensiva pela Ucrânia
    Lugansk e Donetsk esperam ofensivas das forças ucranianas
    Ucrânia envia mais armamento para linha da frente em Donbass
    Tags:
    conflito ucraniano, tensão militar, recuperação, Arsen Avakov, Donbass, Ucrânia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar