12:58 24 Outubro 2021
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    2151
    Nos siga no

    O presidente eleito Donald Trump chamou a Aliança de obsoleta e expressou a vontade de que outros países sigam o exemplo do Brexit. Wolfgang Gehrсke, deputado do Bundestag pelo partido A Esquerda, está parcialmente de acordo com o futuro presidente norte-americano.

    "Claro que a OTAN já se esgotou. Ela não trouxe nada de construtivo. Ela agravou as crises. A sua guerra contra o terrorismo incentivou o terrorismo. Nós defendemos a dissolução da OTAN e sua substituição por um sistema da segurança europeu", declarou Gehrcke ao correspondente da Sputnik Alemanha, Bolle Selke.

    Essa será a linha correta, sublinhou o deputado. Ele destacou a capacidade incrível de Trump de afirmar uma coisa e o seu contrário em poucas frases.

    "É um verdadeiro talento. Estou dizendo uma coisa simultaneamente com o seu oposto. Ele disse mais uma vez que a OTAN tem futuro e que ele aposta em que europeus paguem mais. A alternativa à OTAN não é uma aliança mais cara, é a superação da OTAN. Seria bom ter um presidente americano que compreendesse que, em conjunto com a Rússia, os EUA são responsáveis pela paz", diz Gehrсke.

    Falando das últimas declarações de Trump sobre sua intenção de aumentar as taxas alfandegarias para os consórcios alemães e da reação a isso de Angela Merkel, Wolfgang Gehrсke frisou:

    "O problema de Angela Merkel consiste em que ela deve perceber que, infelizmente, nós somos uma Europa alemã e não uma Alemanha europeia. Muitos países da União Europeia não querem mais diretrizes por parte da Alemanha como, por exemplo, a Grécia e Portugal."

    Mas, continuou o deputado alemão, o princípio de Trump que "em primeiro lugar estão os EUA" também não ajudará a resolver o problema.

    Os representantes de A Esquerda estão preparando uma declaração oficial em que eles pedem a Donald Trump que ele retire as armas nucleares americanas da Alemanha. As guarnições dos EUA, de onde partem ações militares, como a base de Ramstein e o Comando dos Estados Unidos para a África, devem ser fechadas. Gehrсke explica:

    "Sendo o partido A Esquerda, nós não podemos fechar os olhos à situação. Eu pressionaria mais pela dissolução da OTAN. Eu apoiaria com prazer a ideia de quem deve contribuir mais para o desarmamento. Ouviria com prazer da parte de Trump que Cuba deve permanecer como é e que tem que ser aceita sem medidas políticas contra o país."

    O deputado conclui sublinhando que a política econômica global deve ser completamente diferente para que seja possível entender a diferença entre as palavras e os atos.

    Mais:

    Grupo naval russo agrava histeria da OTAN
    OTAN não é bem-vinda: Rússia e China podem garantir neutralidade militar da Sérvia?
    Oficial alemão sobre militares americanos na Europa: EUA inventam ameaças que não existem
    Espécie de borboletas recebe nome de Donald Trump
    Tags:
    EUA, Alemanha, Europa, Angela Merkel, Donald Trump, OTAN, aliança militar
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar