07:23 20 Janeiro 2018
Ouvir Rádio
    Alvoroço em Berlim após caminhão bater em feira de Natal

    Suíça abre processo criminal sobre o ataque à feira de natal em Berlim

    © Sputnik.
    Europa
    URL curta
    Atentado em feira natalina em Berlim (17)
    0 0 0

    Autoridades desconfiam que uma organização criminosa no país apoiou o Daesh e a Al Qaeda no incidente na Alemanha.

    A Procuradoria Geral da Suíça vai abrir um processo criminal em conexão com o ataque de caminhão em um mercado de Natal em Berlim, em dezembro, que matou 12 pessoas.

    O país suspeita que uma organização criminosa tenha infringido a lei suíça que bane apoio ao Daesh (conhecido como Estado Islâmico, também proibido na Rússia e em vários outros países) e à Al-Qaeda.

    As autoridades ainda não sabem exatamente quem ou quantas pessoas poderiam estar envolvidas, motivo pelo qual o processo terá "Desconhecido" no campo dos réus. Segundo a Reuters, o inquérito está em estreita cooperação com o Serviço Federal de Polícia da Suíça e também será coordenado com autoridades estrangeiras.

    Tema:
    Atentado em feira natalina em Berlim (17)

    Mais:

    Por devoção ao Daesh: terrorista de Berlim obrigou que sobrinho matasse seu próprio tio
    França mobiliza 91 mil homens para segurança de natal após ataque em Berlim
    Sobrinho de suspeito do ataque em Berlim é preso na Tunísia
    Mídia: suspeito de ataque em Berlim é morto em tiroteio em Milão
    Tags:
    Serviço Federal de Polícia da Suíça, Procuradoria Geral da Suíça, Daesh, Reuters, Al-Qaeda, Estado Islâmico, Berlim, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik