00:12 14 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Policial no mercado de Natal após o ataque de um caminhão contra uma multidão em Berlim

    Impressão digital do suspeito do atentado em Berlim é achada no caminhão

    © AP Photo/ Michael Sohn
    Europa
    URL curta
    Atentado em feira natalina em Berlim (17)
    141
    Nos siga no

    As impressões digitais do suspeito tunisiano no ataque mortífero em Berlim foram encontradas na porta do caminhão que atropelou a multidão, informou o jornal Suddeutsche Zeitung na quinta-feira (22).

    A Procuradoria da Alemanha ofereceu na quarta-feira (21) 100 mil euros por informações que ajudarão a deter responsável pelo ataque.

    Mais cedo, a mídia alemã publicou uma foto do suspeito do atentado na feira natalina em Berlim. Trata-se do cidadão da Tunísia Anis Amri, de 21-23 anos de idade.

    O suspeito está sendo procurado em toda a Europa.

    Segundo o jornal alemão, o suspeito, com 178 cm de altura, tem cabelo preto e olhos castanhos. A polícia acredita que ele possa ser violento e estar armado.

    Os documentos pertencentes a Anis Amri foram encontrados no assento do motorista do caminhão dentro de sua carteira, informou a mídia.

    Segundo foi informado, a solicitação de refúgio de Anis Amri foi negada. A deportação dele deveria ter acontecido neste verão, mas devido à falta de documentos necessários, Amri permaneceu na Alemanha.

    De acordo com o jornal, as forças de segurança em Berlim e no estado da Renânia do Norte-Vestefália estão investigando envolvimento do suspeito na preparação de ofensiva criminal séria.

    Na segunda-feira (19) à noite, um homem desconhecido atropelou com um caminhão uma multidão na feira natalina, realizada na Praça de Breitscheidplatz, no bairro de Charlottenburg. A tragédia resultou na morte de 12 pessoas e deixou 48 feridos.

    Tema:
    Atentado em feira natalina em Berlim (17)

    Mais:

    Daesh assume autoria pelo atentado com caminhão em Berlim
    Detalhes da tragédia na feira natalina em Berlim
    Tags:
    deportação, suspeito, investigação, atentado, Renânia do Norte-Vestfália, Tunísia, Berlim, Europa, Alemanha
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar