05:53 19 Janeiro 2018
Ouvir Rádio
    Base militar norte-americana de Ramstein na Alemanha

    Base aérea norte-americana de Ramstein ainda é uma dor de cabeça para o Bundestag

    © Foto: FA dos EUA / Michael Stuart
    Europa
    URL curta
    132

    A base aérea norte-americana de Ramstein e seu papel na "guerra de drones", que contraria as normas do direito internacional, continua sendo uma dor de cabeça para o governo alemão.

    De acordo com o canal SWR, o deputado do Bundestag da facção dos Verdes, Hans-Christian Shtrebele, apelou à Promotoria Geral com uma declaração em que ele exigiu levar à justiça os responsáveis por isso na Alemanha, bem como nos Estados Unidos.

    O Partido de Esquerda, por sua vez, exige fechar a base aérea de Ramstein, que está diretamente envolvida na "guerra de drones" dos EUA. O deputado do Partido de Esquerda, Alexander Ulrich, fala mesmo neste contexto de "cumplicidade em assassinatos".

    Da União Democrata Cristã de Alemanha, no entanto, se levantaram vozes dizendo que essa posição dos dois partidos é inaceitável para a política externa do Bundestag na próxima convocação. Os democratas-cristãos acreditam que a "guerra de drones" é admissível por princípio.

    No entanto, de acordo com Shtrebele, execuções definidas sem as respectivas decisões judiciais estão em contradição com a Lei Fundamental. Se se verificar que os drones da base de Ramstein realmente participaram dos ataques, a Alemanha será "cúmplice" de crimes e "deve ser responsabilizada", diz o parlamentar.

    De acordo com a SWR, na sua declaração Shtrebele salientou que "por cumplicidade — inclusive através de inação criminosa — e outros tipos de participação na gestão das operações mortíferas com drones militares dos EUA em países asiáticos, africanos e árabes, a partir da base aérea norte-americana de Ramstein devem ser levados à justiça "todos os suspeitos por estes crimes nos EUA e na Alemanha".

    Os EUA empregam permanentemente veículos aéreos não tripulados para ataques contra suspeitos de terrorismo, em particular, no Afeganistão, Somália e Iêmen.

    De acordo com o ministro de Estado e das Relações Exteriores, Michael Roth, em agosto o governo foi informado por representantes da Embaixada dos EUA que da base aérea de Ramstein são realizados "o planejamento, acompanhamento e avaliação das operações aéreas dirigidas".

    Anteriormente, o governo tem afirmado constantemente que não dispunha de informações próprias sobre o envolvimento específico dessa base aérea em operações com aeronaves não tripuladas.

    Mais:

    Deputado do Bundestag: Alemanha apoia o jihadismo na Síria
    Bundestag aprova envio de militares alemães à Síria
    Tags:
    VANT, veículo aéreo não tripulado, drone, guerra, Bundestag, Alemanha, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik