05:23 19 Abril 2019
Ouvir Rádio
    Avião de Sistema Aéreo de Alerta e Controle (AWACS)

    OTAN recebe primeira aeronave modernizada de Sistema Aéreo de Alerta e Controle

    © flickr.com/ Airman Magazine
    Europa
    URL curta
    223

    A Boeing informa que a OTAN recebeu na sua frota a primeira aeronave com Sistema Aéreo de Alerta e Controle (AWACS, em sigla inglesa) modernizada.

    A OTAN recebeu na sua frota a primeira aeronave com o Sistema Aéreo de Alerta e Controle modernizada, anunciou a empresa Boeing no comunicado de imprensa.

    "A Boeing entregou à OTAN a primeira aeronave 14 E-3A de Sistema Aéreo de Alerta e Controle com melhoramento da cabine de pilotagem que otimiza a preparação para missões e reduz custos para o cliente", diz o comunicado publicado na quarta-feira (14).

    Segundo o fabricante, o sistema digital de voo com vigilância de comunicações e navegação/controle de tráfego aéreo e melhoramentos na aviônica da aeronave asseguram sua conformidade com os requisitos atuais e futuros do controle de tráfego aéreo e de navegação.

    A frota de AWACS é a primeira unidade aérea integrada multinacional da OTAN que assegura um posicionamento rápido e vigilância aérea e comunicações às operações militares da OTAN, afirmou a Boeing.

    Outras 13 aeronaves da OTAN irão ter os melhoramentos instalados como parte de um esforço de modificação no valor de 257 milhões de dólares.  A modernização total da frota será completada em 2018, indicou a empresa.

    Mais:

    Lavrov: OTAN descumpre obrigações de segurança na Europa
    Confronto de Titãs: as 10 armas mais perigosas da Rússia e da OTAN
    'Aumento do orçamento militar da OTAN levará à Guerra Fria', diz Grushko
    OTAN disposta a reforçar sua presença militar na Europa Oriental
    Moscou: 'Reação da OTAN sobre ataque a hospital em Aleppo é caso claro de padrões duplos'
    Tags:
    modificações, vigilância eletrônica, sistema de navegação, novas aeronaves, AWACS, Sistema Aéreo de Alerta e Controle, Boeing, OTAN, EUA, Europa
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar