13:55 15 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    Barack Obama tem certeza de que Rússia influenciou eleições nos EUA, enquanto Angela Merkel não descarta a possibilidade de Moscou fazer o mesmo na Alemanha

    Rússia é acusada de querer influenciar eleições na Alemanha

    © Foto: Serviço de imprensa presidencial russo
    Europa
    URL curta
    17214

    Os rumores de que a Rússia estaria tentando influenciar as eleições de 2017 na Alemanha são absurdos, conforme garantiu nesta terça-feira o porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov.

    Na última semana, a mídia alemã afirmou que Moscou tentaria de todas as formas interferir no processo eleitoral do país da Europa Ocidental, conduzindo, muito possivelmente, ataques cibernéticos e campanhas de desinformação, acusação que já havia sido até pela chanceler Angela Merkel.  

    "Isso não faz sentido. Usar a Rússia como ferramenta em uma campanha eleitoral é algo que não podemos aprovar", afirmou Peskov em entrevista ao RT, ao ser questionado sobre a histeria alemã herdada dos norte-americanos. 

    Nos Estados Unidos, o presidente Barack Obama e diferentes órgãos e autoridades afirmaram ter certeza do envolvimento do governo russo em ciberataques contra instituições americanas com o objetivo de beneficiar o candidato republicano à presidência do país, Donald Trump, acusação desmentida tanto por Moscou como pelo presidente eleito. 

    Mais:

    Mídia: Merkel vai se recandidatar pela quarta vez
    Merkel reconhece que alemães confiam mais na Rússia do que nos EUA
    CIA reclama por Trump não reconhecer interferência da Rússia nas eleições
    Tags:
    RT, Dmitry Peskov, Angela Merkel, Barack Obama, Europa, Washington, Moscou, EUA, Alemanha, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik