19:36 17 Agosto 2019
Ouvir Rádio
    Presidente da França, François Hollande, discursa na 71ª Assembleia Geral da ONU

    França pode estender estado de emergência por mais seis meses

    © Foto : Richard Drew
    Europa
    URL curta
    0 12

    Objetivo é proteger as eleições gerais, que acontecem no primeiro semestre de 2017.

    ​A França vota na próxima semana, uma prorrogação de seis meses ao estado de emergência que vigora no país desde os ataques em Paris no ano passado. A intenção é proteger as eleições presidenciais, que acontecem em abril e maio do ano que vem, disse o primeiro-ministro Bernard Cazeneuve.

    Cazeneuve disse que comícios e outras atividades relacionadas à campanha podem aumentar o risco de ataques terroristas "para aqueles que querem nos atingir no âmago de nossos valores democráticos e princípios republicanos".

    Anteriormente, o ex-primeiro-ministro e agora candidato à Presidência do país, Manuel Valls já tinha alertado a Assembleia Nacional quanto à possibilidade de ataques aos franceses.

    "Mesmo que essas palavras sejam difíceis de dizer, é meu dever dizê-las. Haverá outros ataques e haverá outras pessoas inocentes mortas, não devemos nos acostumar, nunca ao horror, mas devemos aprender a viver com esta ameaça".

    O que significa o estado de emergência

    Em resumo, manter o estado de emergência confere mais poderes à Polícia da França. As medidas de emergência dão direito aos oficiais de realizarem buscas e colocar pessoas sob prisão domiciliar.

    O recurso também permite às autoridades "proibir a circulação de pessoas ou veículos", instaurar "zonas de proteção ou de segurança onde a estadia das pessoas está regulamentada" e proíbe a estadia em uma zona geográfica "a toda pessoa que dificulte, da forma que for, a ação dos poderes públicos".

    Mais:

    Constituição francesa ameaça França de terrorismo?
    França estuda limitar Internet para proteger-se do terrorismo
    Gastos da França contra o terrorismo será de € 600 milhões
    Tags:
    Assembleia Nacional da França, Polícia da França, Manuel Valls, Bernard Cazeneuve, França
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar