05:21 20 Outubro 2018
Ouvir Rádio
    Apoiantes da independência da Catalunha durante a demonstração no Dia Nacional de Catalunha, Barcelona, Espanha, 11 de setembro de 2015

    França e Catalunha: disputa territorial à vista?

    © REUTERS / Albert Gea
    Europa
    URL curta
    474

    O ministro das Relações Exteriores da França, Jean-Marc Ayrault, pediu nesta quarta-feira que o governo catalão respeite a soberania francesa.

    O ministro francês condenou a resolução aprovada pelo Parlamento da Catalunha, que reivindica a integração de Roussillon, um dos cantões históricos do Principado da Catalunha, correspondente ao atual departamento francês dos Pirenéus Orientais.

    “Se trata de soberania da França e, assim como respeitamos a soberania da Espanha, pedimos a todos o mesmo respeito", disse o ministro francês. Segundo ele, a mesma mensagem foi transmitida para as autoridades catalãs.

    O governo catalão aprovou nesta quarta-feira uma declaração, que versa sobre o direito de auto-determinação de todos os territórios de língua catalã, incluindo a região “Norte de Catalunha”, localizada nos Pirinéus Orientais da França, ou Roussillon francesa, que fez parte da Espanha até o século XVII.

    Mais:

    Catalunha: luta pela independência faz primeiras vitimas
    Catalunha submete primeira lei de ruptura com a Espanha
    Novo presidente da Catalunha promete separar região da Espanha em 18 meses
    Sem Artur Más, independência da Catalunha ganha novo fôlego
    Tags:
    autodeterminação dos povos, independência, Jean-Marc Ayrault, Roussillon, França, Catalunha
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik