05:23 05 Agosto 2021
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    213
    Nos siga no

    O chefe do Estado-Maior do Ministério da Defesa da Ucrânia Viktor Muzhenko declarou que os treinamentos do exército ucraniano terminaram com êxito. Eles incluíram o lançamento de mísseis balísticos e voos de aviação.

    Viktor Muzhenko publicou esta informação na sua página de Facebook.

    "Os testes de voo de controle de mísseis balísticos terminaram com sucesso", escreveu.

    A intenção de Kiev de efetuar treinos de mísseis foi conhecida em 25 de novembro quando a Rosaviatsiya informou que a parte ucraniana notificou o sistema de aviso aeronáutico NOTAM [Acrônimo de "Notice to Airmen", que significa "Aviso aos Pilotos"].

    A notificação destacou duas zonas perigosas, uma delas situava-se na área de responsabilidade da Rússia perto da Crimeia. No entanto, a zona de treinos de mísseis foi posteriormente alterada para as águas neutrais.

    Ucrânia realiza lançamentos de mísseis antiaéreos perigosamente perto da região russa de Crimeia
    © Sputnik / Vitaly Podvitsky
    Ucrânia realiza lançamentos de mísseis antiaéreos perigosamente perto da região russa de Crimeia

    Os militares ucranianos planejaram efetuar na sexta-feira (2) alguns lançamentos de mísseis e treinar ataques de aviação contra alvos aéreos no Sul do país, declarou o chefe do serviço de imprensa do comando aéreo sul, Vladimir Kryzhanovsky, ao canal da televisão 112 Ukraina.

    Os treinamentos no sul da Ucrânia começaram ontem, quinta-feira (1). Vladimir Kryzhanovsky afirmou que "tudo está calmo na região. Ontem o primeiro dia da fase prática dos testes de voo de controle de mísseis balísticos de longo alcance decorreu de acordo com o plano".

    Antes Kiev emitiu uma notificação sobre as zonas perigosas para voos sobre águas neutrais do mar Negro e parcialmente sobre as águas territoriais da Rússia, a sudoeste e sudeste da Crimeia.

    Os planos das autoridades ucranianas causaram protestos em Moscou.

    A Rosaviatsiya [Agência Federal dos Transportes Aéreos] afirmou que as ações de Kiev violam os acordos internacionais e criam uma ameaça para aviões civis. A Rosaviatsiya considerou inadmissíveis as tentativas de criar zonas proibidas no espaço aéreo soberano da Rússia.

    A chancelaria russa aponta que os treinos visam provocar uma reação dura de Moscou. O Ministério da Defesa da Rússia entregou uma nota de protesto ao adido militar ucraniano.

    Na noite antes do começo das manobras, as autoridades da Ucrânia alteraram a zona abrangida pelos exercícios para oeste, para águas neutrais. Mesmo assim, a zona de treinos está incluída na área de responsabilidade dos controladores aéreos russos, embora não ameace a segurança dos voos em Simferopol.

    Mais:

    Ucrânia começa lançamentos de mísseis no sul do país
    Ex-presidente Yanukovich defende integridade territorial da Ucrânia
    Rússia exige que Ucrânia interrompa preparação de exercícios de mísseis perto da Crimeia
    Poroshenko: 'Associação com União Europeia é o símbolo da nova Ucrânia'
    Ex-oficial da Frota do Mar Negro da Rússia detido pela espionagem a favor da Ucrânia
    Tags:
    Rússia, Ucrânia, Crimeia, mar Negro, Simferopol, Ministério da Defesa (Rússia), Rosaviatsiya, lançamento, manobras, treinamento militar, mísseis balísticos, aviação militar, voos de teste, nota de protesto
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar