16:30 26 Setembro 2020
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    271
    Nos siga no

    Uma explosão teve lugar nesta segunda-feira (21) perto da prefeitura da capital ucraniana.

    De acordo com o jornal local Vesti, a explosão não deixou vítimas e não causou danos significantes. Nada não passou de uma caseira, conhecida como "bomba de sacola" em russo e ucraniano.

    No entanto, a polícia de Kiev emitiu um comunicado negando o fato de ter havido uma explosão. "Havia um caixote. Não houve explosão, portanto não havia material explosivo dentro", diz o comunicado.

    Manifestação contra Lula e Dilma
    Edilson Rodrigues/Agência Senado/FotosPúblicas
    A Ucrânia comemora nestes dias o terceiro aniversário do "Euromaidan". O evento, que começou em 21 de novembro de 2013 como uma manifestação pela adesão à União Europeia e acabou se transformando em uma revolução, levando ao golpe de Estado em janeiro de 2014. E, por consequente, à guerra civil e instabilidade geral no país e especialmente no leste da Ucrânia.

    O conselheiro do ministro ucraniano do Interior, Zoryan Shkiryak, disse que, nos dias 21 e 22 de novembro (hoje e amanhã), a capital tem que lidar com uma possível ameaça terrorista. Um ponto a acompanhar com especial atenção são as manifestações de nacionalistas, considerados os grupos mais radicalizados desde o golpe de Estado de 2014.

    Mais:

    Kiev chamou de 'facada nas costas' a votação de Minsk contra resolução sobre Crimeia
    Presidente da Ucrânia está convencido que Kiev retomará Crimeia e Donbass
    Tags:
    Maidan, explosão, Kiev, Ucrânia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar