11:37 09 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    1027
    Nos siga no

    Cerca de seis mil militares dos EUA e da OTAN serão posicionados na Polônia, anunciou o ministro da Defesa polonês, Antoni Macierewicz, ao apresentar um relatório resumindo os resultados do primeiro ano de trabalho feito pelo governo.

    "A cúpula da OTAN teve uma importância histórica. Foi decidido deslocar para a Polônia cerca de seis mil militares", declarou o ministro durante um discurso transmitido pela televisão TVP.info.

    Anteriormente, Macierewicz informou que o número total de soldados da OTAN e dos EUA que serão instalados na Polônia poderia alcançar 10 mil efetivos.

    A última cúpula da OTAN em Varsóvia resultou na decisão de reforço considerável do flanco leste da Aliança. A organização planeja posicionar quatro batalhões multinacionais nos Países Bálticos e na Polônia já em 2017.

    Segundo o representante permanente da Rússia junto à OTAN, Aleksandr Grushko, as decisões da Aliança buscam transformar os países da Europa Oriental em uma espécie de baluarte de deslocamentos militares.

    Antes, o chanceler russo, Sergei Lavrov, informou que a Rússia não pretende se envolver no confronto imposto pelos EUA, OTAN e UE e que, em quaisquer circunstâncias, será capaz de garantir segurança do próprio país e dos seus cidadãos.

    Mais:

    Batalhão dos EUA na Polônia será instalado perto da fronteira com a Rússia
    General dos EUA detalha instalação das forças da OTAN na Polônia
    Tags:
    batalhões, deslocamento, soldados, Cúpula da OTAN, União Europeia, OTAN, Aleksandr Grushko, Países Bálticos, Varsóvia, Europa Oriental, Polônia, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar