20:03 18 Outubro 2018
Ouvir Rádio
    Um carro da polícia estacionado na entrada da estação ferroviária de Colônia em 16 de janeiro de 2016

    Alemanha proíbe 'Religião Verdadeira' após megaoperação

    © AFP 2018 / PATRIK STOLLARZ
    Europa
    URL curta
    682

    O governo da Alemanha proibiu nesta terça-feira (15) o grupo islamista Die Wahre Religion ("A Religião Verdadeira"), suspeito de propagar o ódio religioso e de manter contato duvidoso com pessoas que viajaram para a Síria.

    A proibição é um dos principais resultados de uma "megaoperação" que a polícia alemã realiza em dez estados do país, onde há cerca de 200 locais com possível ligação com terroristas.

    De acordo com o ministro do Interior da Alemanha, Thomas de Maizière, o grupo é responsável pela saída de cerca de 140 pessoas para a Síria e o Iraque, onde participam de atividades de grupos terroristas.

    "Hoje eu proibi e dissolvi um grupo chamado 'A Religião Verdadeira'. A organização une islamistas de cunho jihadista por toda a Alemanha, disfarçando-se de uma organização que faz serviços publicitários e entrega cópias gratuitas de traduções do Alcorão…", disse o ministro em um briefing de hoje.

    "Aqueles que espalham mensagens de ódio não podem se esconder atrás da liberdade religiosa", acrescentou Maizière, citado pelo jornal português Diário de Notícias.

    Mais:

    Ataque a consulado da Alemanha no Afeganistão deixa mortos e feridos
    Berlim, Paris, Roma e Madri pedem a UE para investir na defesa
    Onde isto vai parar? Símbolos terroristas em venda livre em Berlim
    Mídia: Ataque a faca em Munique deixa vítimas
    Tags:
    terrorismo, Polícia, Ministério do Interior, Thomas de Maizière, Alemanha
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik