19:12 15 Dezembro 2019
Ouvir Rádio
    Presidente do Parlamento Europeu, Martin Schulz

    UE ameaça Turquia com sanções econômicas

    © REUTERS / Eric Vidal
    Europa
    URL curta
    13312
    Nos siga no

    O presidente do Parlamento Europeu, Martin Schulz, ameaçou aplicar sanções econômicas à Turquia dadas as detenções de jornalistas e políticos da oposição.

    "A UE deve pensar que sanções econômicas podemos aplicar contra a Turquia", disse ele em entrevista ao jornal alemão Bild am Sonntag

    Ele acrescentou que, antes do final deste ano, deve ser realizada uma reforma da união aduaneira, da qual a Turquia é membro. 

    "Não posso imaginar que, após a onda de detenções de deputados da oposição e jornalistas, vamos alargar a união aduaneira", disse o presidente do Parlamento Europeu. 

    Além disso, Martin Schulz recordou a posição da UE sobre a possível introdução da pena capital na Turquia: 

    "Se a Turquia reintroduzir a pena de morte, as negociações sobre o ingresso [na UE] vão acabar", disse o presidente acrescentando ao mesmo tempo que ele é a favor de manter um diálogo com a Turquia. 

    Após o golpe de Estado de 15 de julho que deixou mais de 240 mortos e cerca de 2.200 feridos na Turquia, foram detidos milhares de militares, juízes, funcionários e professores. 

    Uma das últimas detenções que gerou uma onda de críticas na UE foi de 12 deputados do Partido Democrático dos Povos (HDP) pró-curdo, incluindo dois seus líderes. Mais tarde nesta semana foi detida uma dúzia de jornalistas do jornal diário Cumhuriyet.

    Mais:

    Ancara diz que União Europeia deve combater PKK ao invés da justiça turca
    Turquia espera que Trump não esqueça da sua importância estratégica
    Multidão protesta na Alemanha contra presidente da Turquia
    Tags:
    Martin Schulz, UE, Turquia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar